Seleção e Sucessão Interna: Como organizar um processo de sucesso

O líder em uma empresa é vital para o crescimento dos negócios, isso faz com que ele seja tão almejado no mercado.

E em meios a tantas empresas, muitas ainda necessitam de gestores competentes para gerenciar seus negócios.

E quando o assunto é buscar por profissionais com esse perfil podemos dizer que ela se torna custosa e complexa.

Por isso, uma das soluções seria montar um processo de seleção e sucessão interna.

Como uma empresa pode formar sucessores?

 

Antes de implementar o plano de sucessores é importante tomar consciência sobre a necessidade de formar novos líderes, isso é imprescindível para viabilizar a estratégia.

Além disso, é preciso estabelecer objetivos para que o processo de implementação seja claro e fundamentado.

Dentro de um plano de sucessão podemos destacar alguns objetivos específicos como:

  • Identificar necessidades da empresa em relação ao plano de sucessão
  • Organizar um banco de sucessores
  • Analisar comportamento e capacitação para os cargos
  • Criar ações que deem transparência ao processo de transição
  • Formar cronograma, agenda e reuniões para estruturar o plano
  • Garantir a sustentabilidade da empresa aos colaboradores, parceiros e mercado

Com metas estabelecidas, o próximo passo é dar início à busca de sucessores dentro da organização. Através de ferramentas e práticas que possam mostrar que de fato está preparado para fazer parte desse banco.

A importância de um processo de seleção e sucessão interna

 

Quando buscamos por sucessores dentro de uma organização, o intuito é formar líderes competentes, para que o negócio continue a crescer mesmo sem os atuais líderes.

Essa prática faz com que a organização se torne mais preparada para lidar com possíveis demissões, licenças, férias etc.

Quando a organização monta e implementa um plano de sucessão ela vai permitir que:

  • Maior engajamento dos colaboradores promovidos, já que sentem que seus esforços e trabalhos são valorizados.
  • Proporciona maior motivação entre os funcionários, pois sabem que a empresa reconhece aqueles que se dedicam.
  • Diminuição dos custos para preencher uma vaga de líder
  • Aumenta o número de promoções já que se alguém seja promovido a um nível de liderança hierarquicamente maior, deixa em aberto um nível intermediário.

Além de diminuir o tempo para o líder promovido aprender funções práticas, já que as conhece e ainda pode facilmente ensinar quem venha a ocupar sua vaga antiga.

Dessa forma vai gerar uma diminuição de custos, já um novo contratado pode demorar para absorber atividades básicas e entender o setor.

Veja a seguir uma lista com o passo a passo para realizar um Processo de Seleção Interna de sucesso:

 

Processo de Seleção e Sucessão

 

1 – Identifique talentos

 

Comece identificando talentos nos funcionários que os capacitem para as vagas de liderança.

É muito importante que eles tenham facilidade em orientar os demais, boa comunicação e habilidade em negociar. Além de serem pacientes, dispostos a ajudar os comandados, como serem responsáveis o suficiente para assumirem com as consequências de suas decisões e dos seus liderados.

A identificação das habilidades de liderança podem ser observadas em constantes aplicações de avaliações de desempenho.

 

2 – Analise o perfil

 

A melhor forma de se promover um profissional mais qualificado ao cargo é analisando seu perfil.

A avaliação vai permitir com que a promoção seja feita com mais segurança. Já algumas pessoas são excelentes em determinadas funções como liderados e péssimos como líderes.

Uma forma de se definir um líder é a capacidade de agir de forma autônoma para tomar decisões.

3 – Realize treinamentos para desenvolvimento dos profissionais

 

Embora um profissional tenha um perfil e talentos para a liderança ele ainda não está completamente pronto para ela.

É muito comum num primeiro momento os recém-promovidos ficarem sem saber o que fazer. Por isso, é fundamental criar um plano de desenvolvimento individual e treinamentos para que eles melhorem suas performances como líderes.

Para isso formar uma parceria entre a liderança e o RH com o objetivo de capacitar os colaboradores, já que os gestores possuem maior contato com os possíveis candidatos a líderes.

 

4 – Alie-se às plataformas de seleção

 

Hoje no mercado há excelentes plataformas de seleção que ajudam muito nas seleções internas. Elas processam currículos e dados profissionais, entregando relatórios, análises e métricas úteis para a escolha de perfis compatíveis com uma vaga de gestão.

Toda tecnologia ajuda para uma maior assertividade na escolha e velocidade no processo o que diminui custos.

É muito importante lembrar em não focar apenas em sucessões verticais, mas também em mudanças horizontais como em promoção de funcionários para cargos de liderança em setores além dos seus.

Com esse processo a empresa ganha com inovação e maior criatividade com ideias novas apresentada a uma área por pessoas que já conhecem a organização e possuem vivências distintas.

Sua empresa já pratica o processo de seleção e sucessão interna? Quer saber como implementar esse processo em sua empresa? Entre em contato conosco que vamos te ajudar!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *